Dragon Ball: Edição Definitiva

 
Publicada entre Junho de 2005 e Março de 2009. Foram lançadas 16 edições em formatinho, com 240 páginas em preto e branco e algumas páginas coloridas. Distribuição Bimestral.

Dragon Ball é um mangá criado por Akira Toriyama e publicado em 42 volumes, inicialmente na revista Weekly Shōnen Jump, a partir de 1986. O mangá deu origem a duas séries de anime que tiveram um enorme sucesso, tanto no Japão como no resto do mundo: Dragon BallDragon Ball Z e ainda Dragon Ball GT, uma terceira série cuja história não se baseia no mangá. O anime Dragon Ball tem sua história baseada nos 16 primeiros volumes do mangá original, e a da seqüencia, Dragon Ball Z, baseia-se nos 26 volumes restantes.
 
Em janeiro de 1997, a Editora Abril Jovem publicou pela primeira vez no Brasil material quadrinizado relativo a franquia Dragon Ball. Tratava-se de alguns movie books (revistas no estilo film comics) de Dragon Ball, lançados anteriormente no mercado japonês. No Brasil foram lançadas apenas quatro mini séries mensais, cada uma dividida em duas edições (no Japão, foram 20 movie books em volumes únicos). A Editora Abril fez um considerável trabalho de adaptação: as onomatopéias foram mantidas, por serem parte integrante da ilustração, porém algumas ficaram invertidas devido ao processo de ocidentalização – leitura da esquerda para a direita. Todavia, a Abril preocupou-se em colocar um asterisco com a tradução de todas as onomatopéias e kanjis existentes nas edições e a tradução dos nomes dos personagens também foi extremamente fiel a versão japonesa.
 
O mangá original de Dragon Ball foi publicado pela Conrad Editora entre Dezembro de 2000 e Outubro de 2003, a série foi lançada quinzenalmente e divida em 2 títulos distintos: Dragon Ball com 32 volumes e Dragon Ball Z com 51 volumes. O formato usado nas edições brasileiras foi o formatinho e o número de páginas cada volume equivale a metade de uma edição japonesa. O título chegou ter cenas censuradas, na edição 17 quando Bulma mostra os seios para o Mestre Kame, no lugar dos mamilos aparece as palavras "boing boing", segundo a editora a série era consumida pelo público infanto-juvenil e chegou a ser notificada por conta do material considerado imprório a esse tipo de público. 

A Conrad lançou em Maio de 2005 uma versão encadernada com 240 páginas intitulada Dragon Ball - Edição Definitiva, a coleção era inspirada no formato kanzenban, seria composta de 34 Edições e continha algumas páginas coloridas e artes inéditas, contudo, a série foi cancelada em 2009 no número 16 por conta de uma reestruturação da editora. Em Maio de 2011, a Editora anunciou que não publicaria mais títulos de Dragon Ball por discordar de exigências feitas pela Shueisha. 

Em dezembro do mesmo ano a Panini anunciou que publicaria o título no ano seguinte, a primeira edição foi publicada no final de maio de 2012, foi adotado o formatinho (13,7 x 20 cm) contendo 196 páginas (equivalente ao número de páginas de um tankōbon.
 
Sinopse: Tudo começa com o pequeno garoto Son Goku, que mora sozinho na Montanha Paozu. Ele foi achado numa floresta pelo velho Son Gohan que o ensinou kung fu. Numa noite, Gohan foi morto por um monstro misterioso. Ágil, forte e sem nenhum sinal de maldade dentro de si, Goku se difere das outras pessoas por ter um rabo de macaco. A história começa quando Goku conhece a garota Bulma. Ela o convence a ajuda-lá na busca pelas 7 Esferas do Dragão que quando reunidas, invocam o Deus Dragão Shenlong que pode realizar um desejo. Com o tempo, Goku vai crescendo, fazendo novas amizades e livrando o mundo do Imperador Pilaf, as Forças Red Ribbon e o temível Piccolo Daimaoh.
Publicado em 2005-2009
País Brasil
Licenciador Shueisha
Número de páginas 240
Formato (14 x 20 cm) Colorido/Preto e branco
Status Título encerrado
Gênero Mangá
© 2016 - Enciclopédia HQ - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por TOTALLnet

Please publish modules in offcanvas position.