Falcão Negro, O (2ª Série)

Foi publicado entre maio e novembro de 1968. Foram lançadas 03 edições em formato 17 x 26 cm, com média de 34 páginas em preto e branco cada edição. Distribuição trimestral.

Falcão Negro ficou muito conhecido, primeiramente, após ser lançado pela TV Tupi, em 1954. O seriado era ambientado no famoso estilo capa e espada, semelhante ao Zorro, que também fazia muito sucesso na época. O herói era interpretado por dois atores diferentes, em São Paulo era interpretado por José Parisi e no Rio de Janeiro por Gilberto Martinho.
 
Com o sucesso na TV, a editora Garimar, trouxe o herói mascarado para os quadrinhos, processo bem comum principalmente no mercado norte-americano. A versão em quadrinhos foi lançada em 1958, criada por Péricles Leal e ilustrações de Walter Peixoto, Getúlio Delphin, Juarez Odilon, Newton Coutinho, Edmundo Rodrigues e Fernando de Lisboa. Ao contrário dos episódios da televisão que duraram entre 1954 e 1963, os quadrinhos não fizeram o sucesso esperado e foram cancelados na vigésima quinta edição.
 
A editora Garima ainda publicou um álbum especial, em 1958. Para os colecionadores do personagem, foram também publicados 3 álbuns de figurinhas, estes já fizeram bastante sucesso na época. 
 
Em 1968 a editora tentou ressuscitar o título, porém trazendo apenas reprises das histórias da primeira série, esta segunda série teve apenas três edições publicadas.
 
Publicado em 1968
País Brasil
Licenciador Sem Licenciador
Número de páginas 34
Formato Americano (17 x 26 cm) Preto e Branco
Status Título encerrado
Gênero Aventura
© 2016 - Enciclopédia HQ - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por TOTALLnet

Please publish modules in offcanvas position.